WILDVET LOGO-negativo.png
oie_transparent.png
whatsapp.png

Wildvet Clínica Veterinária e Hotel © 2017. All Rights Reserved.

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Google+ - White Circle
  • YouTube

Doença de Tyzzer (endotoxemia)

September 26, 2017

Trata-se de uma intoxicação causada pela infecção bacteriana causada pelo Clostridium piliforme, e é caracterizada por diarréia aquosa profusa, anorexia, desidratação, letargia, dificuldade de locomoção com os membros posteriores e morte dentro de 1-3 dias desde o inicio dos sintomas.

 

Em geral acomete coelhos recém-desmamados (Seis a doze semanas de idade). Uma doença rápida e alguns surtos agudos têm sido associados com mais de 90% de mortalidade. Alguns animais podem desenvolver infecções crônicas que debilitam o animal por um longo período.

 

A infecção ocorre pela ingestão dos esporos desta bactéria  (encontrados no chão ou alimentos contaminados) e está associada à falta de correta higiene e stress. Os animais podem se contaminar também em parques e áreas com terra como o quintal de algumas residências.

 

A ação desta bactéria é no intestino dos coelhos, levando produção de diversas toxinas que possuem ação sistêmica (absorvidas, entrando na corrente sanguinea, acometendo fígado e o coração) e a ação local, causando uma enterite  necrótica (no qual ocorre destruição total da mucosa intestinal),


Infelizmente, o diagnóstico é feito após a morte do animal, através do exame histológico com colorações especiais (por exemplo, Giemsa ou técnica de Warthin Starry) para observar a bactéria que fica dentro das células do animal.

 

O exame de cultura é impraticável, porque a bactéria não cresce em meios artificiais. Testes sorológicos estão disponíveis para animais de laboratório e no Brasil não são realizados comercialmente.

 

A doença de Tyzzer afeta diversas espécies, mas não tem sido relatada em seres humanos, embora os títulos tenham sido documentado em mulheres grávidas.

 

Os antibióticos utilizados com sucesso no tratamento desta doença em outros animais não têm os mesmos resultados em coelhos e ainda não há nenhuma vacina disponível.

 

O uso de desinfetantes e limpeza constante do local onde os coelhos habitam reduzem a presença de esporos do Clostridium piliforme.

 

Gostou? Se inscreva para receber notificação de novos posts!

Curta, comente e aproveite para deixar sua sugestão para um novo tema!

Sua opinião é muito importante para manter o BLOG atualizado. :)

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon