WILDVET LOGO-negativo.png
oie_transparent.png
whatsapp.png

Wildvet Clínica Veterinária e Hotel © 2017. All Rights Reserved.

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Google+ - White Circle
  • YouTube

Falta de equilíbrio e cabeça torta (head tilt) em ratos

December 19, 2018

 

Ocasionalmente, um rato começa a inclinar a cabeça para um lado e também pode ter dificuldade de equilíbrio, caindo e rodando ao tentar se arrumar ou mesmo quando está caminhando. Às vezes, o olho na direção da inclinação também fica afetado, com dificuldade para piscar e consequentemente todos os agravamentos decorrentes disso. Em alguns casos, o rato irá circular ou perder completamente o equilíbrio.

 

Há várias razões para este problema, todas com diagnósticos e tratamentos diferentes e uma visita ao médico veterinário é essencial para se obter um diagnóstico adequado. As causas (em ordem de probabilidade) são: infecções bacterianas/fúngicas, protozoários, derrame ou neoplasias (tumor hipofisário). Este problema pode ocorrer em um rato de qualquer sexo em qualquer idade; derrames e tumores hipofisários tendem a afetar ratos mais velhos, com os tumores afetando principalmente as fêmeas. Um ponto de diagnóstico interessante é que um rato com um tumor hipofisário geralmente não consegue segurar mais alimentos com suas patas dianteiras.

 

Por exemplo a "direção" da inclinação mostra qual orelha é afetada, se for uma infecção no ouvido. O rato provavelmente esfregará a cabeça contra o chão da gaiola ou arranhará a orelha. Infecções de ouvido são tão dolorosas para um rato como para um ser humano, é um pouco angustiante. Em alguns casos, pode-se visualizar sinais externos, como acúmulo de secreção, vermelhidão, inchaço e dor, no chamado pavilhão auricular.

 

O diagnóstico feito por um veterinário é muito importante nestes casos. É muito provável que a condição seja causada por uma infecção bacteriana do ouvido médio e interno, mas como os acidentes vasculares cerebrais e os tumores da hipófise têm sérias implicações, eles também devem ser descartados. Infecções também podem se tornar graves; se não resolvidas pela administração do antibiótico, o nervo vestibular pode ficar irreparavelmente danificado e o tímpano pode romper com a pressão pelo acumulo de secreção dentro do ouvido. Se isso acontecer, o rato pode ficar surdo e com sequelas (cabeça inclinada e falta de equilíbrio).

 

Infecções de ouvido são sempre muito graves, embora muitos animais se recuperem completamente, alguns vão manter a inclinação da cabeça para sempre. Felizmente, a grande maioria recupera o equilíbrio, mas também permanece suscetível a infecções de ouvido por toda a vida. Se os problemas de inclinação e equilíbrio da cabeça são causados ​​por uma infecção bacteriana o prognóstico é bom. O grande problema em roedores é a escolha do antibiótico, pois eles não toleram grande parte deles.

 

Nos casos de derrame cerebral, muitas vezes há uma recuperação em primeiro lugar, possivelmente com uma fraqueza em um dos lados, como é frequentemente visto em vítimas de derrame humano. Um rato viverá com uma qualidade de vida razoável após um derrame, mas raramente sobrevive a um segundo.

 

Se um tumor hipofisário for diagnosticado, injeções de corticoides ajudarão o rato por um tempo, mas rapidamente o rato perderá completamente o apetite e sua qualidade de vida se tornará muito fraca. Nesse ponto ou antes, a maioria dos proprietários decide que a eutanásia é uma opção gentil.

 

O tratamento da infecção bacteriana é relativamente simples, mas há a necessidade de cuidados intensos com o ouvido, que deve ser limpo regularmente usando um cotonete ou um pequeno canudo feito de papel absorvente. É necessário cuidado na limpeza, para evitar dor e traumas, que podem agravar a infecção, mas ajudará o rato a se sentir mais confortável, uma vez que isso ajuda a diminuir a pressão e acumulo de secreções dentro ouvido. Soluções otológicas podem ser utilizadas ​​e até mesmo lavagens com soro fisiológico aquecido. Secar completamente a orelha antes de aplicar qualquer medicação.

 

Cuidar de um rato com este problema é um processo bastante demorado e geralmente precisa de mais de uma pessoa para a limpeza e medicação. Cuidado especial com a gaiola e viveiros, a falta de equilíbrio pode causar ferimentos, caso a gaiola possua vários andares. Alimentos com alto teor calórico devem ser oferecidos, como manteiga de amendoim, prefira alimentos mais macios que precisem do mínimo de mastigação, há dor em muitos casos durante a mastigação.

 

O importante é correr para o médico veterinário assim que perceber o problema, quanto mais cedo o diagnóstico maior a possibilidade de cura e ganho na qualidade de vida.

 

Gostou? Se inscreva para receber notificação de novos posts!

Curta, comente e aproveite para deixar sua sugestão para um novo tema!

Sua opinião é muito importante para manter o BLOG atualizado. :)

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon